A escolha número um deve ser um gato, que é mais independente. Mas se você quer um cãozinho, pelagem curta e algumas raças são mais indicadas para passar horas sozinhas


Você ama pet, não abre mão de ter o seu, mas passa muito tempo fora de casa? A gente sabe que a vontade de ter um amigo peludo que vai transbordar de felicidade quando você chegar é forte. Vai abanar o rabinho, pedir carinho e querer se aninhar em você em todas as maratonas de séries. É um amor sem fim! Mas você passa muito tempo fora de casa e não estará sempre disponível para o bichinho. Como fazer?

Carolina Rocha, fundadora e CEO da Pet Anjo, aconselha uma reflexão importante nesse momento. “Primeiro, avalie se é a hora certa. Em segundo lugar, é necessário analisar se um cão é o animal ideal”. Ela explica que o cão é uma espécie muito social, cria vínculos muito fortes por gostar de ficar junto dos humanos ou de outros animais. De repente, para quem não fica muito em casa, um gato, que é mais independente, pode ser mais adequado.

“Todas as raças precisam de donos com o mínimo de disponibilidade para atividades e cuidados”, destaca Carolina, lembrando que, hoje em dia, há uma oferta grande de profissionais que conseguem suprir parcialmente a ausência dos donos, como os dog walkers, mas contratá-los também exige estrutura financeira. “Você está trazendo um novo membro para a família. É preciso avaliar se há disponibilidade financeira, temporal e emocional”, sugere. Se a pessoa decide que há, o ideal é escolher um cãozinho com pelagem curta, que não demandará tanto tempo no banho ou escovação e sem predisposição para doenças.

Carolina ressalta que a personalidade do cachorro será muito importante para a adaptação à rotina do dono, mas algumas raças funcionam bem se precisarem ficar sozinhas por períodos mais longos. Veja:


Chihuaua

Apesar de escolher uma pessoa da família como dono, ele consegue ser bastante independente. Só é preciso tomar um pouco de cuidado quando há crianças por perto, pois é um cão de bastante personalidade e pode reagir se sentir que está sendo acuado.


Bulldog Francês

Costuma ficar bem sozinho e, como tem pelagem curta, não dá muito trabalho com banho e escovação. Por ser de pequeno porte, é bastante procurado por pessoas que moram em apartamentos.


Shiba Inu

É uma raça oriunda do Japão. Apesar de o pelo não ser curto como o do Chihuaua e do Bulldog Francês, não costuma dar muito trabalho. É um cão calmo, que se apega às pessoas, mas tem bastante independência.


Daschshund

O famoso salsichinha. Ele tem um pelo curto, costuma se dar bem com todos da casa e consegue ser bastante independente.

 

Redação Anhambi com informações de Portal Melhores Amigos